GLÚTEN: O QUE VOCE PRECISA SABER

Este artigo faz parte de uma série de posts sobre glúten.  Veja também receitas sem glúten.

Por Paula Pedroza, médica nutróloga pós graduada em fitoterapia e nutrologia e especialista em acupuntura.

A grande preocupação das pessoas atualmente é com as calorias presentes nos alimentos visando a manutenção e a perda de peso. O que alguns não sabem é que  o mais importante é o que está contido no alimento ingerido.

Granville Island Public Market.

O glúten (presente no trigo, centeio, cevada e aveia) é um alimento base da dieta Americana. Está escondido em pizzas, massas, pães, molhos e em todo o tipo de comidas processadas.

Qual o problema de uma fatia de pão integral no café da manhã? Se é integral, não é saudável?

De maneira geral? Sim, já que os alimentos integrais têm fibras na sua composição e ainda conservam vitaminas e minerais.

E qual o problema? Há pessoas que não conseguem digerir esse alimento.

O tubo digestivo tem a função primordial de transformar o que comemos nas menores estruturas possíveis, os nutrientes. Aminoácidos, ácidos graxos, glicose, vitaminas e minerais: todos são nutrientes que devem ser absorvidos para chegar até as células.

Sem nutrientes, a fábrica celular não funciona, os órgãos são prejudicados e aí vem as doenças.

O que a maioria das pessoas desconhece é que o glúten pode causar complicações de saúde sérias para muitos. Você pode estar em risco mesmo não tendo um diagnóstico de doença celíaca.

Deixe uma resposta